Pastor Marco : OBEDECER NA CERTEZA QUE OUVIMOS

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

OBEDECER NA CERTEZA QUE OUVIMOS

Podemos aprender muito com a vida de Abraão. Por exemplo, que Deus nos pode chamar a qualquer altura da vida. Sem protestar e sem adiar. Abraão disse: " Sim, Senhor!"E esta obediência inquestionável é uma lição para aqueles que respondem: " Sou demasiado velho, deixo isto para os mais jovens" ou " Ganhei o direito de relaxar e levar isto nas calmas, deixa os outros fazerem o trabalho mais pesado". Não há reforma quando estamos ao serviço do Rei dos reis! Ele tem o direito de nos pedir seja o que for, e mandar-nos seja onde for, a qualquer altura da vida. Também aprendemos que o plano de Deus traz a realização, e que essa realização é sempre maior do que a nossa realização pessoal. Abraão foi chamado para povoar todo o Médio Oriente."e far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei , e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção... ( Génesis.12:2). Esta palavra são uma lição para todos os que procuram fazer com que seu nome seja recordado em vez de deixarem Deus fazer isso por eles. No reino de Deus você não procura posição, você ganha-a ao estar ao serviço dos outros. Finalmente, aprendemos que Deus tratará os outros, dependendo da forma como eles nos tratam. Deus disse a Abraão: "E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoaram... (Génesis 12.3). Quando andamos na vontade de Deus não temos de nos promover ou de nos proteger, Deus fá-lo por nós, "A ninguém permitiu que oprimisse, e por amor dele, rendeu reis, dizendo: Não toqueis os meus ungidos..."(1 Crónicas 16.21-22). Saber isto liberta-nos para irmos onde Deus quer que vamos e para fazermos o que Ele quer que façamos. Abraão tinha a capacidade de ouvir a voz de Deus; "Ora o Senhor disse a Abraão: Sai da tua terra e da tua parentela, e da casa do teu pai, para a terra que eu te mostrarei"( Génesis 12:1). Abraão não tinha as escrituras para ir buscar orientação, e não havia profetas á volta para dizer. "Assim disse o Senhor". Fazer as coisas bem não era fácil. Ele estava a ser chamado para deixar o seu trabalho, a sua casa e a sua segurança. Precisava de saber que a voz que estava a ouvir era realmente a voz  do Senhor. Isto leva-nos a concluir que Abraão desenvolveu um relacionamento com Deus, e construir um relacionamento leva tempo,precisa de esforço, sensibilidade e compromisso. Os outros podem aconselhá-lo
e confirmar o que Deus está a dizer, mas o mais importante é aprender a ouvir você mesmo a voz de Deus. Nada aumenta a sua confiança como saber que Deus lhe deu uma direcção clara para a sua vida. "Deus não disse a Abraão": Fica aqui e eu far-te-ei  ainda mais rico. Mas será que a obediência obriga Deus a abençoar-nos da forma que nós achamos que Ele deve, ou será que Ele pode chamar-nos para fazer sacrifícios?  Pense na cruz antes de responder! Abraão confiou que Deus cumpriria a Sua promessa, acontecesse o que acontecesse: " Pela fé, habitou na terra da promessa, como em terra alheia... "( Hebreus 11.9). Em algumas noites Abraão provavelmente pensou; Quem me dera estar em casa a dormir na minha cama, " cumprir a vontade de Deus dá-lhe confiança, mas nem sempre o faz sentir confortável. Seguir um plano que não consegue imaginar em direcção a um destino que não consegue visualizar na sua mente mas que não consegue explicar, chama-se "caminhar pela fé". Deus decide o plano, move-o do ponto A para o ponto B e diz: "Confia em mim, eu tenho tudo tratado".Deus tem os Seus próprios planos. Planos melhores! Creia nisto, Deus os abençoe.

Sem comentários:

Enviar um comentário